Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • INTIMIDADES COM ROBERTO KUELHO

    Em entrevista com Lusitania Mel, ROBERTO SANTOS KUELHO. Cantor, compositor e estudante de jornalismo revela suapaixão pela irreverência nas músicas e no palco. Confira como foi esse bate papo.
    17.01.2015 21h08m
    Recomendar
    INTIMIDADES COM ROBERTO KUELHO
    Roberto Kuelho
    INTIMIDADES COM ROBERTO KUELHO

    MEL: Como foi sua trajetória n Banda Xêro Mole?
    A Banda nasceu na década de 90 com irreverencia, era uma turma de amigos onde surgiu a ideia da profissionalização, sendo encaixadas novas peças, mas sempre tratando a música com responsabilidade e o palco com total irresponsabilidade. Essa mistura de temperos bacana que acabou conquistando o público. Criávamos paródias, brincando sempre com a música.

    MEL: Qual a sua religião? É praticante?
    Católico. Não sou como deveria, mas sou católico.

    MEL: você tem alguma mania?
    Além de roer unhas, abraçar. Goste muito de abraçar, abraço forte, apertado, verdadeiro.

    MEL: Gostaria de pedir perdão a alguém?
    Sempre. Inclusive, sempre que erro peço logo perdão.

    MEL: Como foi sua infância?
    No interior, uma infância sapeca. Morava no distrito de Humildes, andava cerca de 5km para estudar. Pela manhã eu trabalhava, mas não deixava de me divertir. Sempre fui curioso, gostava muito das coisas urbanas, morava na roça e ouvia todas as rádios que tocavam no Brasil, todasAM’s e FM’s e também era viciado em revistas em quadrinhos.

    MEL: Qual a maior loucura que você já fez por amor?
    Eu já fiz algumas. Já fiz um livro de poesias dedicado a uma pessoa, com 30 poemas todos com o nome dela. Também já fiz uma pesquisa de músicas no mundo todo que tivesse o nome da pessoa; consegui um acervo com 15 músicas e a presenteei.


    MEL: Qual música você ouviria o resto do ano?
    Sereníssima, da Legião Urbana.


    MEL: Qual seu sonho?
    Viver exclusivamente da arte.


    Confira esta entrevista na íntegra acessando o vídeo
     



  • 1
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia