PMFS Natal 2
Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • PAPO SEM VERGONHA COM PATRÍCIA SALES

    Em entrevista com Lusitania Mel, PATRICIA SALES. Assessora de Imprensa da Policia Militar, jornalista, apresentadora do programa G de Mulher, revela suas intimidades sem nenhum tabu. Confira como foi esse bate papo picante.
    13.03.2015 09h26m
    Recomendar
    PAPO SEM VERGONHA COM PATRÍCIA SALES
    Patrícia Sales no Intimidades

    MEL: Como você consegue ter uma vida tão agitada e se manter sempre linda?
    Quando entrei na Policia Militar, que é uma instituição que requer um comportamento, disciplina, uma hierarquia, e eu entrei me questionando o que eu tinha para dar a Policia. Eu já era radialista e pensei, vou entrar com a comunicação e foi uma sacada de mestra porque deram valor ao meu trabalho nessa área. Tive a oportunidade assim que ingressei, de fazer a faculdade de jornalismo, já estou há 10 anos na Assessoria da PM sempre com meu jeito espontâneo de ser.

    MEL: Por que o programa G de Mulher?
    Surgiu de uma experiência do ponto G. Passei um período em Salvador só de curtição; mesmo trabalhando e fazendo faculdade, eu costumava pesquisar sobre relacionamentos e conheci uma pessoa através da internet, nos conhecemos e foi através dele que conheci o ponto G. Fiquei apaixonada, criei um blog falando dessa experiência, de virgindade, quando conheci o prazer até o ponto G; a partir dai geraram várias noticias, questionamentos com temas bem polêmicos e hoje já é um site com programa G de Mulher.


    Caixinha Surpresa:
    MEL: Qual a maior loucura que você já fez por amor?
    Quebrei o carro todo de um ex. Flagrei-o com outra pessoa e fiquei super chateada; um sentimento de decepção e tristeza, não esperava essa atitude dele e por isso tive essa reação.

    MEL: Qual parte do seu corpo que você mais gosta?
    Minha bunda. Eu adoro andar, colocar uma calça bem enfiada, olhar para trás e ver que tem alguém me olhando.

    MEL: Gostaria de pedir perdão a alguém?
    Todos os dias. Às vezes fazemos coisas e nem percebemos, então o perdão é diário e sempre reconhecendo o erro.

    MEL: Se o mundo acabasse agora, quem você gostaria que estivesse ao seu lado?
    Meu pequeno grande homem, Ruan, meu filho de 10 anos. Foi uma luta para tê-lo; na época eu tinha 32 anos e com bastante tratamento consegui manter a gestação. Ele é o presente de Deus, é uma parte de mim.
     



  • 1
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia