PMFS Natal 2
Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • INTIMIDADES COM O LOCUTOR BETO MAIA

    Em entrevista com Lusitania Mel, o Locutor e produtor musical, BETO MAIA revelando sua trajetória profissional e suas intimidades. Confira como foi esse bate papo descontraído
    06.04.2015 15h08m
    Recomendar
    INTIMIDADES COM O LOCUTOR BETO MAIA
    INTIMIDADES COM BETO MAIA

    MEL: Quantos anos você tem de rádio?
    Tenho 21 anos de rádio. Comecei na Rádio Cultura de Feira de Santana, depois fui para Princesa, para Rádio Sociedade, recebi convite para Itapuã FM onde atuei 07 anos, mas atualmente estou na Nordeste FM das 10 às 2, há uns 05 anos.


    MEL: Qual estilo musical você curte?
    Basicamente gosto de músicas românticas, como Djavan e Ana Carolina, nessa linha. Mas contradizendo a isso, na rádio esqueço as minhas preferencias e “caiu pra dentro” de Robyssão, Igor Kanário porque sei que é a massa, o publico é outro e com isso entro no clima.


    MEL: Você já se envolveu com alguma fã?
    Já sim claro, foi bom tranquilo. Mas o que sempre acontece e com os homens, é de se relacionar muito pelo que vê; e quando descobre o que já viu, resolve não querer mais ou achar que não é mais aquilo que ele pensou que era e começa a perder o interesse que tinha por aquela pessoa. Acredito que não se deva levar em conta o físico, mas principalmente o coração da pessoa.

    Caixinha Surpresa
    MEL: Seu coração hoje tem dono?
    Não. Na realidade você não sabe quem realmente está querendo você pelo que você é ou pelo que tem. Mas precisa saber se a pessoa independente disso lhe ama de verdade ou não.


    MEL: Faça 03 pedidos de realização para você.
    Primeiramente estar em comunhão com Deus, nosso Criador.
    Segundo seria ter uma vida estabilizada ao lado de alguém legal, sincera tendo saúde para curtir.
    E o terceiro e último seria ter o suficiente para ajudar as pessoas menos favorecidas, ou seja, mais carentes e que muitas vezes não tem nem a terceira refeição diária. 

     

    Edição: Mylena Neves



  • 1
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia