Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Intimidades com Tuca Fernandes

    Nosso convidado dispensa apresentações, energia de sobra, investe na mistura de ritmos com a pegada do rock, pop, eletrônico com tambores e faz o som eletrizante que a galera jovem curte: ele é Tuca Fernandes.


    Intimidades com Tuca Fernandes
    Intimidades com Tuca Fernandes

    Mel: Emocionante, o que fazer quando você encontra um clip com uma música como "toda manhã" você traz uma conscientização para as pessoas e ao mesmo tempo faz uma homenagem a sua avó?
    Tuca - Eu falo sobre Alzheimer, foi uma ideia que eu tive. Tudo que ouvia falar era meio pesado, triste sacou! Quis mostrar, tentar transformar a vida das pessoas que estão doentes um pouco alegre, dá um pouco mais de cor de colorido e o Zulk Ramos, que foi o diretor do clip, entendeu isso e a atriz linda... Fiquei maravilhado com o resultado, foi a homenagem a ela, minha avó que desencarnou 2014, eu brincava muito com ela fazia ela sorrir tentei transformar aqueles últimos dias de vida que ela tinha, mais leves e foi isso que quis passar no clip.

    Mel- Como você consegue ficar oito horas em cima do trio, já usou algum tipo de droga, mesmo tendo esse preparo físico que você tem?
    Tuca –Não, não isso nunca pensei, não existe isso e você tem que estar muito sóbrio em cima de um trio. Temos mais de quatro mil associados e eu estaria negligenciando muito meu oficio. Eu quase desmaiei, estava muito quente, subi no trio comecei a passar mal pedi para meu backing vocal levar umas duas músicas dei uma hidratada comi barra de cereal tomei um Gatorade e voltei! E um jornalista fez um comentário outro dia falando terminou com folego de principiante.

    Mel – Quando foi a sua primeira vez? Vez que você subiu no palco?
    Tuca- Ah! Tá vendo você a maldade na cabeça da pessoa (risos). Foi na Barra no Revolution Bar, lembrei ainda era rock’n roll, não era nem Jeremias...

    Mel – Agora, falando sério, quando foi a sua primeira vez?
    Tuca - Foi na Ilha de Itaparica aqui pertinho na Ilha do Sol eu tinha 14 anos.

    Mel - Seduzir ou ser seduzido?
    Tuca - Eu adoro ser seduzido, a mulher que chega, chegando, adoro mulher de atitude (risos)

    Mel- Qual foi o presente mais caliente que você já recebeu de uma fã?
    Tuca- Foi um beijo que eu já mais esperava não foi na boca, foi tipo um cheiro foi muito caliente.

    Mel - Onde vamos nos encontrar neste Carnaval?
    Tuca
    Quarta: Camarote Arém na Festa do Chupísco
    Quinta: Camarote do Nana
    Sexta: Camarote Skol
    Sábado em Belo Horizonte-MG
    Domingo: Bloco Balada
    Segunda em Lambari-MG
    Terça: Camarote Salvador


    Assista esta entrevista na íntegra clicando aqui no vídeo e se divirta.
     



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia