Em cima da hora:
GM investe US$ 500 milhões em rival do Uber
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • INTIMIDADES COM PAPAZONI

    Vamos desvendar a intimidade desses gatos Fabinho e Tiaguinho do Papazoni. Eles estão supermotivados para o carnaval. Verão chegou e a animação em alta vem trazendo uma pegada diferente que caiu no gosto da galera. A banda tem 3 anos e meio com uma história bacana e carreira internacional. No verão de Salvador, nossa música solinho da maldade está na boca do povo e ainda sendo candidata a música do carnaval.


    INTIMIDADES COM PAPAZONI
    Fabinho e Tiaguinho do Papazoni
    Intimidades com Papazoni

    Como foi sua infância?
    Fabinho: foi demais, não troco minha infância pela dessa galerinha que está chegando agora, fiz tudo que estava ao meu alcance: empinei raia, joguei muita bola, entrei no quintal do vizinho para arrancar manga. Tenho umas cicatrizes, uma herança. Fiz um bocado de coisa bacana. Boa família, boa educação.
    Tiaguinho: Minha infância foi na favela, muitos me veem branco assim pensam que eu sou ‘mauricinho’, mas eu sou negão, pele de negão. Joguei bola descalço no asfalto, tomei topada, cai quebrei o queixo, tomei murro em garrafão; é muita coisa se for contar de verdade, totalmente na comunidade...

    Como se descobriu na música?
    Tiaguinho: Meu pai. Eu jogava no Vitória, fiz uma cirurgia no tornozelo que me deixou fora do futebol. Meu pai tocava guitarra, tocou com Roberto Mendes, no laranja mecânica e em algumas bandas no carnaval do antepassado, quando eu estava me recuperando do pé, comecei a tocar violão e ele sempre me incentivava.

    Como está o coração?
    Fabinho: Meu coração está batendo... Sou casado com minhas fãs, tem um pedacinho pra cada uma das minhas fãs eu sou solteiro, casado só com elas.
    Tiaguinho: sou casado tenho 3 filhos maravilhosos. Fui pai cedo, tive responsabilidade cedo e hoje estou ai casado feliz num bom momento, também se você não estiver bem na sua relação, nada acontece pois tudo é uma energia só.

    Como você gosta de dormir? A galera mandou perguntar, como você gosta de dormir?
    Fabinho: Como Salvador está muito quente, ultimamente estou dormindo pelado, mas o normal é de samba-canção, nada muito apartado, tudo solto, de repente rola uma visita...
    Tiaguinho: Eu durmo nu. Gosto de ficar à vontade, passo hidratante o ar condicionado bate certo, tudo bem fresquinho.


    Você coleciona alguma coisa?
    Fabinho: rolava umas calcinhas, quase que eu entro na competição com o finado Wando. Joga telefone celular, dinheiro nem se fala...
    Tiaguinho: coleciono paletas de guitarra, tenho vários estilos, tenho uma com minha foto. Nos shows a galera pede.

    Você prefere seduzir ou ser seduzido?
    Fabinho: os dois, aquele jeito safadinho...
    Tiago: Acho que o olhar, o olhar diz tudo tem o olhar de sexo e outras estão te admirando, acho que é o fator principal para saber o que vai rolar.

    Você precisa pedir perdão a alguém?
    Fabinho: Não, só a Deus. Não tem ninguém não sou de boa com todo mundo. Nosso melhor amigo é o travesseiro.
    Tiaguinho: A Deus, todos somos pecadores, agradeço e peço desculpa pelos meus erros, sempre tentando melhorar a cada dia.

    Onde o Papazoni estará neste carnaval?
    Aqui em Salvador em uns camarotes, em Dianópolis, Pernambuco; Tocantins e Maranhão.

    Assista esta entrevista na íntegra acessando o canal da TV Geral no Youtube e se divirta com esses meninos superanimados.
     



Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia